Você está em: Página Inicial > Notícias > 'UEMS – Laboratório de Humanização' está entre os melhores da América Latina
http://www.uems.br/noticias/detalhes/uems-laboratorio-de-humanizacao-esta-entre-os-melhores-da-america-latina-153053 | 07/05/2020 - 09:04
'UEMS – Laboratório de Humanização' está entre os melhores da América Latina
O Projeto “UEMS – Laboratório de Humanização”, desenvolvido pela Unidade de Mundo Novo da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), foi selecionado pela “Premios Latinoamérica Verde” e agora figura no ranking dos 500 melhores projetos sociais e ambientais da América Latina, em 2020.

A iniciativa tem o objetivo de mostrar, conectar e premiar as principais inciativas comprometidas com o planeta e com o desenvolvimento sustentável de todos. No total, 2.540 projetos participaram da Edição 2020 da Premios Latinoamérica Verde.

O projeto desenvolvido pela UEMS ficou na 131ª posição na categoria “Desenvolvimento Humano, inclusão social e redução das desigualdades”. A categoria é para projetos que incluem temas sociais, igualdade de gênero, inclusão, ajuda a pessoas em estado de vulnerabilidade, ajuda comunitária, geração de empregos, redução de pobreza, dentre outros. O projeto da Unidade de Mundo Novo foi o único no Estado de Mato Grosso do Sul a figurar entre os selecionados.

De acordo com o a Pró-reitora de Extensão, Cultura e Assuntos Comunitários (PROEC) da UEMS, Márcia Alvarenga, "a América Latina passa a conhecer um trabalho social muito relevante, realizado pela Universidade. É o reconhecimento da importância de uma ação de inclusão social, de respeito pelo ser humano para que ele seja 'reeducado' ou simplesmente valorizado na sua singularidade".

Ainda segundo Alvarenga, o projeto, realizado pela Unidade de Mundo Novo, deve ser reconhecido também por retratar a missão da Extensão da UEMS, "por promover a interação e a integração entre a comunidade acadêmica e a sociedade por meio de ações que estimulem o desenvolvimento social, cultural, artístico, científico, econômico e político", destacou a Pró-reitora.

Premio Latinoamérica Verde

Esta é a sétima edição da Premios Latinoamérica Verde, que é realizado em cooperação com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e possui a chancela da Price water house Coopers (PwC) - empresa de consultoria de qualidade em auditoria mundial.
A premiação é uma vitrine que energiza a economia verde, exibindo iniciativas da América Latina em 10 categorias alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS): Água, Floresta e Flora; Biodiversidade e Fauna; Desenvolvimento Humano, Inclusão Social e Redução da Desigualdade; Energia; Finanças Sustentáveis; Gerenciamento Urbano; Gerenciamento de Resíduos Sólidos; Oceanos; e Produção e Consumo Responsáveis.

A cerimônia de premiação ocorrerá na cidade de Guayaquil, no Equador, ainda sem data definida. Os selecionados terão como prêmio:  um certificado aprovado pela consultoria PwC e pela Premios Latinoamérica Verde; um selo que certifica que o projeto está no ranking dos 500 melhores; e a divulgação do projeto nos meios de comunicação durante a premiação, que será exibido na maior galeria sustentável da América Latina, além de integrar os melhores projetos em desenvolvimento humano.

Laboratório de Humanização

O projeto “UEMS – Laboratório de Humanização” é uma parceria com o Poder Judiciário e a Unidade da UEMS em Mundo Novo e disponibiliza réus para a prestação de serviços comunitários. O objetivo é melhorar a manutenção dos espaços da Universidade e dos serviços prestados sem onerar os cofres públicos e ainda, oportunizar a comunidade carcerária a execução de penas alternativas de modo promover a inclusão e ressocialização social.

O projeto completa 3 anos neste mês de maio e, neste período, já recebeu 75 reeducandos, os quais prestaram mais de 15 mil horas de serviços comunitários trazendo uma economia de mais de R$ 200 mil para os cofres públicos estaduais. O “Premio Latinoamérica Verde” é o quarto recebido. O projeto também recebeu o II Prêmio de Boas Práticas na Gestão Pública, oferecido pela Itaipu Binacional (2018), o Prêmio Cidades Sustentáveis - edição 2019 - e o Prêmio de Inovação na Gestão pública, oferecido pela Escola Nacional de Administração Pública, também em 2019.

A mudança da infraestrutura da Unidade é visível e a inovação do projeto vai além da economia na manutenção do prédio. Para o professor Leandro Marra, Gerente da Unidade, o resultado qualitativo é “a inclusão social, reinserção e ressocialização dos réus”.

“A prática é inovadora, pois apresenta contribuições para a modernização da Gestão Pública, com resultados mensuráveis e positivos para o serviço público e para a sociedade, por meio da incorporação e combinação de novos elementos/mecanismos, provenientes do esforço e do conhecimento de servidores de distintas instituições”, explica Marra.

O Gerente ainda agradece o empenho de todos os funcionários da Unidade de Mundo Novo, os funcionário do Poder Judiciário de Mundo Novo, na pessoa do Juiz Guilherme Almada e do Juiz Eduardo Floriano Almeida,  do Ministério Público de Mundo Novo, além das Promotoras de Justiça Karina Vedoatto e Lenízia Martins Lunardi Pereira, e da reeducanda atendida pelo projeto, Dejanira Silva, representando todos os reeducandos que estiveram ou estão na UEMS.

Outras Notícias
Institucional
Redes Sociais
Contato
Tire suas dúvidas.
contato@lagodeitaipu.org.br
Av. Brasil, 136 - Baixada Amarela, Santa Helena - PR, 85892-000
Tecnologia e desenvolvimento