Você está em: Página Inicial > Boas Práticas Regionais > Entre Rios do Oeste: Biogás, Energia Que Vem Do Campo
Entre Rios do Oeste: Biogás, Energia Que Vem Do Campo
Entre Rios do Oeste: Biogás, Energia Que Vem Do Campo

O projeto de Entre Rios do Oeste (PD 6491-0287/2012), consiste em um arranjo técnico e comercial de geração distribuída de energia elétrica a partir do biogás de biomassa residual da suinocultura em propriedades rurais no município. Foi apresentado e aprovado na chamada 014/2012 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), e está sendo executado em Entre Rios do Oeste.

A produção de suínos é uma das principais atividades econômicas do município, destacando-se inclusive pela densidade de animais, sendo que o plantel gira em torno de 230 mil suínos, conforme Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes).

Antes do projeto, os dejetos produzidos iam para a lavoura (como adubo) e os gases gerados tornavam-se poluidores ambientais. Agora, por meio de biodigestores instalados nas propriedades participantes do projeto, o biogás será produzido e canalizado para conversão em energia elétrica.

O arranjo compreende um grupo de 17 produtores de suínos, que produzirão biogás a partir do tratamento dos dejetos dos animais em sistemas de biodigestão. O biogás será conduzido por meio de uma rede coletora de 20,6km até uma Minicentral Termoelétrica com dois grupos motogeradores de 240 kW de potência cada.

A energia gerada será utilizada para compensar o consumo energético nos prédios públicos do município de Entre Rios do Oeste. Os produtores envolvidos receberão um repasse monetário por volume de biogás injetado na rede.

No que tange aos investimentos do projeto, a prefeitura municipal forneceu o terreno para instalação da Minicentral Termoelétrica, horas técnicas de seus colaboradores e serviço de terraplenagem para implantação dos biodigestores. Os produtores entraram no projeto com a instalação dos biodigestores nas propriedades e os demais investimentos na planta ficaram por conta da Copel Geração e Transmissão, empresa proponente do projeto.

No caso do projeto de Entre Rios do Oeste, diversos públicos e parceiros estão envolvidos, como é o caso dos produtores de suínos, da Copel GeT, tendo como executoras o FPTI e CIBiogás.

 

Objetivo

Implantar e avaliar um arranjo técnico e comercial de geração de energia elétrica a partir do biogás produzido em biodigestores interligados por meio de uma rede coletora de biogás até uma Minicentral Termoelétrica (MCT) de 480 kW de potência.

 

Resultados

Com 17 biodigestores implantados haverá economia da prefeitura no pagamento de energia elétrica, além da preservação ambiental com toneladas de gases de efeito estufa que deixarão de ser emitidas e com os dejetos que serão tratados.

A estimativa é que haja uma produção de energia renovável no meio rural de 4.600m3 dia, com rendimento de 250MWh/mês.

Institucional
Redes Sociais